20 de abr de 2015

Resenha: Brayan's Gold - Peter V. Brett


Título: Brayan's Gold
Original: Brayan's Gold
Série: Ciclo das Trevas/Demon Cycle #1.5
Autor: Peter V. Brett
Páginas: 94
Editora: Subterranean Press (2011)

Sinopse: Arlen Bales 17, apprentice Messenger in brand new armor, is ready for the first time beside a trained Messenger on a simple overnight trip. Instead Arlen finds himself alone on a frozen mountainside, carrying a dangerous cargo to Count Brayan’s gold mine, one of the furthest points in the duchy. And One Arm, giant rock demon, hunts him still.

Contém alguns spoilers leves de O Protegido.

Aproveitando que tinha acabado de ler O Protegido, escrito pelo Peter V. Brett, resolvi encarar esse conto e desbravar um pouquinho mais desse universo que eu gostei muito de conhecer.

A narrativa de Brayan's Gold se passa mais ou menos na metade do livro principal, quando Arlen está em Miln trabalhando com Cob e levando adiante o seu sonho de ser um mensageiro.

Em um de seus primeiros trabalhos como aprendiz de mensageiro, Arlen é encarregado de levar uma carga extremamente importante de thundersticks (foguetes?) para Brayan's Gold, uma das minas do Conde Brayan, localizada em uma montanha bem afastada ao noroeste de Miln. Além disso, já que sua carga é perigosa e qualquer movimento brusco pode explodir tudo e também causar uma avalanche, todo cuidado é necessário, sem contar o fato de que ladrões costumam espreitar as altas estradas e interceptar os carregamentos que chegam às minas.

Nem preciso dizer que já sentia saudades de ler sobre o Arlen, né? Acredito que esse conto do Brett, cujas páginas tiveram que ser tiradas do livro principal e colocadas aqui, traz mais algumas perspectivas para os leitores e também reforça as características e motivações de Arlen. Sua aversão ao medo que as pessoas têm pelos terraítas é evidente e aqui ela se intensifica ainda mais.

I will respect the corelings, Arlen thought, but I will never stop fighting them.

Um velho amigo do passado também aparece para acompanhar Arlen enquanto ele sobe as montanhas: o Maneta. Esse mesmo. O demônio que teve metade do braço amputado pelas proteções de Arlen ainda o persegue e está sempre por perto, só esperando a noite e o momento em que nosso protagonista estará descuidado, tendo assim a chance de se vingar.
Conhecemos também algumas proteções novas utilizadas por aqueles que se aventuram nas montanhas geladas do Norte. Munido de tinta e do seu caderno repleto de proteções, Arlen sempre procura descobrir mais sobre os segredos dos terraítas e o que pode matá-los.

Ficaram também algumas questões que eu notei e parecem ser bem importantes/intrigantes para entendermos mais da obra: proteções feitas com sangue são mais eficazes do que aquelas feitas com tinta? Em determinado momento, Arlen faz uma proteção com sangue e o seu efeito é muito bom, então isso é algo que eu pretendo prestar mais atenção quando continuar a série.

E os demônios do gelo, será que caminham pelas montanhas repletas de neves? As histórias contadas nas tavernas dizem que sim, mas parece não existir ninguém que os tenha visto pessoalmente, o que deixa em dúvida a sua existência. É o mesmo caso do Protegido, digamos assim. Cito também (e novamente) os aspectos políticos e as relações dos nobres entre si, que parecem estar vindo à tona quanto mais eu avanço nas obras de Peter V. Brett.


Leitura obrigatória para os fãs da série, não deixem de conferir Brayan's Gold e os outros livros extras que se passam no mesmo mundo. A escrita de Peter continua envolvente como sempre.

Em breve pretendo ler The Great Bazaar and Other Stories, outro livro que se passa em Thesa, e também quero continuar a série e ler The Desert Spear/A Lança do Deserto. Fiquem de olho!

Avaliação final:

Ciclo das Trevas:

1º livro - O Protegido
2º livro - The Desert Spear
3º livro - The Daylight War
4º livro - Skull Throne
5º livro - The Core
Extras - Brayan's Gold, The Great Bazaar and Other Stories e Messenger's Legacy

8 comentários:

  1. Oi! Eu não conhecia o autor nem os livros, mas achei a proposta bem legal. É sempre bom ler livros que fazem a gente viajar para lugares inimagináveis.
    Adorei sua resenha!
    Beijos,

    Letícia
    http://www.odomdaescrita.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Leticia!! O primeiro livro dele é muito bom, sugiro que você de uma lida em "O Protegido", acho que irá gostar bastante.

      Abraços e volte sempre!!

      Excluir
  2. Li o primeiro da série e o achei muito bom, tomara que lancem este por aqui, pois fiquei interessado.

    bomlivro1811.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que um dia lancem também, Maurilei, esses contos são muito bons. Talvez a DarkSide resolva lançar se os livros da série principal venderem bem!

      Excluir
  3. Opa! Muito interessante saber alguns detalhes da história. Será que são cenas cortadas do livro? Adorei a resenha. Abs! *correndo para o Goodreads*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cassy, o Peter disse que algumas coisas ele achou melhor tirar do livro 1 e colocar nos contos, até porque nos contos ele pode inserir informações a mais, etc. Vale dar uma lida!! ;)

      Excluir
    2. Ah, tá! Bacana saber disso. Acabei de ler e valeu mesmo a pena. Obrigada pela dica.

      Excluir
    3. Esses "contos" são muito legais, vale a pena mesmo dar uma lida. Até mais!

      Excluir

Em breve, sua opinião será lida e respondida. Obrigado por comentar no Desbravando Livros!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...