27 de set de 2014

Resenha: Champion - Marie Lu


Título: Champion
Original: Champion
Série: Legend #03
Autora: Marie Lu
Páginas: 304
Editora: Rocco (2014)

Sinopse: No emocionante desfecho da trilogia Legend, June ocupa uma posição privilegiada no governo e Day trocou a alcunha de criminoso mais procurado do país pela de herói nacional. Mas quando tudo parece conspirar a favor da paz, a ameaça da guerra ressurge na forma de um vírus mortal que começa a espalhar o pânico entre as colônias. Em Champion, a vida de milhares de pessoas está novamente nas mãos de June, a menina-prodígio da República. Mas salvá-las significa também enfrentar novos desafios e exigir novos sacrifícios de seu amor. O livro chega ao Brasil pelo selo Rocco Jovens Leitores, que relança também os dois primeiros volumes da série, Legend e Prodigy.

Essa resenha contém alguns spoilers do livro anterior, Prodigy.

Ninguém iria imaginar, lá no começo da trilogia, que Day, o guri criminoso mais procurado pelo país estaria do lado da República dois livros depois, após interromper uma revolução e ajudar Anden, o filho do antigo Eleitor, a se manter no poder. Tudo mudou com esse acontecimento, até mesmo a relação de Day com June, a prodígio da República.

Quando tudo parece estar em paz, Day fica sabendo que seu problema no cérebro o está matando lentamente e ainda lhe restam apenas alguns meses de vida, tudo o que pensa em fazer é se afastar de June, que agora trabalha para o novo Eleitor, e não fazer com que ela sofra. Porém, uma ameaça de praga ronda as fronteiras entre a República e as Colônias e os dois são obrigados a se juntar para combatê-la, já que os combatentes das Colônias acham que a República criou um vírus propositalmente e agora exigem que uma cura seja encontrada, e rapidamente. Como vocês podem imaginar, uma guerra pode estar prestes a explodir!

"Fear markes you stronger." - Day

Os diferentes pontos de vista utilizados, sendo um capítulo para June e outro para Day, sempre intercalando-se, trouxeram um dinamismo muito grande à leitura e torna tudo mais simples e agradável de se ler, pois conseguimos identificar as angústias, medos e pensamentos de ambos sem precisar ficar imaginando o que está se passando em suas cabeças.

Não sei dizer exatamente qual é o melhor livro da trilogia, mas Champion nos traz aquela sensação de que a qualquer momento algo importante irá acontecer, algo que possa mudar o rumo de tudo. Cada capítulo, assim como nos outros livros, é meio frenético, cheio de coisas importantes acontecendo ao mesmo tempo. O que acontecerá com a República se as Colônias resolverem atacar com tudo? Será necessário fazer alianças para sobreviver? Quem é o Paciente Zero que todos precisam para achar a cura para a praga? Day e June ficarão juntos? Essas são questões que rebatem na sua cabeça o tempo inteiro e só lendo para descobrir todas as suas respostas.
“Sometimes, the sun sets earlier. Days don’t last forever, you know. But I’ll fight as hard as I can. I can promise you that.”

Quando comecei a ler a trilogia, láááá com Legend uns 2 anos atrás, achei que iria me deparar com mais uma distopia fraca e com tudo centrado em um mísero romance entre os personagens principais, mas com Legend/Prodigy/Champion é um pouco diferente. Existe romance sim, e bastante, mas esse romance é importante para a história, faz os personagens terem atitudes extremas, importarem-se com coisas que nem pensariam, não é simplesmente um romance jogado ali no meio para fazer duas pessoas ficarem juntas.

A escrita de Marie Lu é simples, intrigante e bem acelerada, sempre mantendo o foco do leitor. Não espere nada muito adulto, mas fique sabendo que as horas gastas com esse livro/essa trilogia são recompensadoras e ao final você saberá que o tempo investido valeu a pena. Torço muito para que Legend torne-se um sucesso aqui no Brasil como é lá fora, principalmente nos Estados Unidos, e acredito que o a trilogia tenha potencial para chegar num patamar BEM maior que Jogos Vorazes e Divergente, por exemplo.


Ah, mais uma coisa: gurias provavelmente chorarão com o final desse livro. Eu avisei!

Os direitos de adaptação da trilogia foram comprados pela CBS Films, mas até o momento não há nenhuma previsão de quando iniciarão os preparativos para transformar Legend em um filme.

Avaliação final:
Trilogia Legend

1° livro - Legend

2° livro - Prodigy
3° livro - Champion

10 comentários:

  1. Terminei de ler Champion hoje e eu amei!!! Amo Day e June ♥♥♥

    http://sou-tua.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom mesmo, Lais, apesar de eu achar que o Prodigy foi o melhor dos três. Enfim, gostei do fim da trilogia, acho que foi bem satisfatório.

      Abraços e passe sempre por aqui!

      Excluir
  2. Ois,

    Bem cada resenha que leio e fico com vontade de ler os livros, registada a recomendação, mais uma a ver se consigo ler em digital ;)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo esse por ser uma leitura diferente do habitual, Fiacha, pois somos tão acostumado a fantasia e ficção histórica que acabamos esquecendo um pouco dos outros gêneros. Abraço e passe sempre!

      Excluir
  3. Sou fã de Legend , amo de paixão! !! Ainda não acabei o livro mas está super incrível. Ótima resenha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Virei fã também, Lavine, são poucas as distopias que prestam atualmente! E aí, já acabou o livro? Conta aí pra mim o que achou.

      Obrigado por comentar aqui e passe sempre!

      Excluir
    2. Amei o final , não esperava. Chorei mt. Trilogia pft. Vale mt a pena

      Excluir
    3. Eu avisei que as gurias provavelmente chorariam com o final. HAHAHA

      Excluir
  4. Kkk. Queria q Legend virasse filme !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma produtora comprou os direitos de adaptação, Lavinea, mas pelo visto a coisa não andou ainda...

      Excluir

Em breve, sua opinião será lida e respondida. Obrigado por comentar no Desbravando Livros!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...