18 de mai de 2013

Resenha: Heresia - S.J. Parris

SinopseInglaterra, 1583: o país enfrenta um período conturbado, marcado por conspirações para derrubar a rainha Elizabeth, que é protestante. Muitos de seus súditos estão insatisfeitos com o governo e anseiam pelo retorno do país à religião católica. Em meio a esse clima de conflitos religiosos, o monge italiano Giordano Bruno chega a Londres, tentando escapar da Inquisição, que o acusou de heresia por sua crença num Universo heliocêntrico. Logo é recrutado pelo chefe do serviço de espionagem real e enviado a Oxford. Oficialmente, ele vai participar de um debate sobre as teorias de Copérnico, mas, em sigilo, deve se infiltrar na rede clandestina dos católicos e descobrir o que puder sobre um complô para derrubar a rainha. No entanto, quando um dos membros mais antigos de Oxford é brutalmente assassinado, a missão secreta do filósofo é desviada de seu curso. Envolvido em uma rede de intrigas e traição, ele percebe que às vezes nem mesmo os mais sábios conseguem discernir a verdade da heresia. Alguns, no entanto, estão dispostos a matar para defender suas crenças.

Para começar, preciso dizer que enrolei muito para fazer essa resenha. Li o livro há mais ou menos umas duas semanas e, seja por falta de tempo ou de vontade mesmo, acabei não resenhando e postando quase nada desde então. Mas aqui estou eu novamente para contar a vocês o que achei desse romance histórico que eu li.

O livro nos apresenta Giordano Bruno, monge italiano acusado de heresia por ler alguns livros proibidos pela igreja e acreditar na teoria de que os planetas giram em torno do Sol (teoria essa que era considerada impossível naquela época e que, como pudemos ver com o desenvolvimento da astronomia, não estava tão errada assim). O italiano, não querendo ser queimado em uma fogueira, resolve fugir e perambular um pouco pela Europa.


... E então seria condenado à fogueira por heresia. Eu tinha 28 anos e não queria morrer. Não me restava alternativa senão fugir.

Após determinado tempo, o serviço de espionagem da rainha Elizabeth chama Giordano e pede que ele investigue uma possível conspiração contra ela. Essa é a deixa para nosso protagonista ir a Londres, mais precisamente à universidade de Oxford, e procurar também por um famoso livro que ele procura e que comprovaria as suas teorias "heréticas".

Porém, nem tudo é o que parece na universidade. Giordano não sabe em quem confiar e, ainda por cima, começa a se sentir atraído pela única moça existente no local. Mas o pior ainda está por vir: dois assassinatos brutais acontecem e, ao que tudo indica, parecem estar intimamente ligados. Isso sem contar o fato de que os alunos mais ricos possuem muitos privilégios se comparados aos alunos mais pobres (muito insatisfeitos com essa situação, é claro) e que estudam em Oxford por meio de bolsas.

Ainda me atrevo a esperar pelo dia em que as pessoas serão julgadas por seu caráter e suas realizações, não por seu sobrenome paterno.

A partir daí, Giordano Bruno começa a investigar as mortes e percebe que tudo é bem mais complexo. Sua vida estará em risco e a de seus novos "amigos" de Oxford também.

Uma coisa que merece destaque: me lembrei muito de Dan Brown ao ler esse livro. Não só pelo tema central do livro, mas pelas conspirações envolvendo a Igreja e suas religiões. Como sou fã do autor e já li quase todos os livros dele, me sinto praticamente na obrigação de ler o próximo livro dessa trilogia. Sim, serão três livros, mas a Editora Arqueiro não tem previsão para os próximos....

Jogar politicamente com a vida alheia era parte do caminho para a promoção social, mas essa, como eu estava começando a compreender, era a verdadeira heresia.

O final é bom, pois é bem intrigante, não acaba na mesmice dos outros livros e fecha com chave de ouro essa obra de S. J. Parris.

De negativo, preciso dizer que o livro não possui uma leitura simples e muito menos cativante, pois você, leitor, provavelmente não o lerá em apenas um dia ou algumas horas, como acabou acontecendo comigo. Foram várias interrupções e tentativas de assimilar os acontecimentos que às vezes eu me sentia perdido. rsrs

Mas isso não torna o livro ruim de modo algum. É uma leitura interessante e que deveria ser mais apreciada pelos leitores. Gostei do personagem principal e preciso enfatizar também os personagens Sir Philip Sidney e Jerome, pois ambos deram um toque genuíno e até mesmo sarcástico ao livro em determinados momentos.

Pontos fortes: um Dan Brown em versão feminina.
Pontos fracos: história um pouco arrastada e leitura não tão leve.

Avaliação final:
Giordano Bruno:

1º livro - Heresia
2º livro - Profecia
3º livro - Sacrilégio (sem previsão de lançamento no Brasil)

26 comentários:

  1. Apesar de ficar interessada no livro, não sei se leria no momento, alguns pontos que você re-saltou não me agradaram, mas para quem gosta do estilo, vale a pena.

    Beijos

    Da Imaginação a Escrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro que ou você vai gostar ou vai odiar, Sammysam. Os romances históricos são bem conhecidos por isso. rsrs

      Beijos.

      Excluir
  2. Oi Vagner!
    Eu já tinha visto esse livro algumas vezes, mas confesso que não dava muita coisa por ele. Mas como você falou que tem um tom de Dan Brown já me deixou mais interessado pois sou um grande fã dele. Gsoto muito de livros com essa temática suspense/religião/enigmas e esse parece ser bem legal. Obrigado pela visita lá no blog e volte sempre.

    Jean
    www.cabanadoslivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro nunca foi muito divulgado, Jean, mas eu acabei descobrindo-o por meio de resenhas no Skoob. Quanto à temática, acredito que seja bem pertinente e atraia muitos leitores, como eu e você.

      Abração e passe sempre por aqui!

      Excluir
  3. A história possui elementos que me interessam muito, suspense, contexto histórico, religião e conspirações.
    Se parece mesmo estilo Dan Brown, de quem sou fã e já li todos os livros.
    Parabéns pela resenha, já coloquei como prioridade na minha lista de aquisições.

    Blog DuLapa - www.dulapa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro possui todos esses elementos, Edu.
      Boa leitura e depois passe aqui para dizer o que achou!

      Abraços.

      Excluir
  4. Só digo isso: quero ler!

    ResponderExcluir
  5. Nao li este livro pq nao fui muito coma cara dele, confesso.
    Mas até que me interessei bem mais por ele através da sua resenha, embora eu ainda nao vá coloca-lo no topo da minha lista de desejados xD
    Beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pouca gente vai com a cara dele, Camila, mas vale a pena dar uma chance. Você pode até se surpreender quando terminar a leitura!

      Beijos.

      Excluir
  6. Parece ser realmente muito bom! Não gostei muito da capa, mas este é um defeito meu, sempre leio o livro por conta da capa (além de outras coisas, claro), mas a capa influencia muito. Ótima resenha!

    Beijos
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é bom, Ana, e ao contrário de você, eu gostei bastante da capa. Resumiu bastante o "sentido" do livro, digamos assim.

      Beijos e obrigado por comentar!

      Excluir
  7. Embora o livro seja bem interessante, não sei se o leria!
    Ana.
    http://umlivroenadamais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro não faz o estilo de muita gente, como eu pude perceber agora com o seu comentário. rsrs

      Excluir
  8. A estória parece ler legal, mas não sei se leria agora sabe? Mais com certeza um dia eu leria gosto de estórias desse gênero, parece ser bom. Tentar ler ele antes do segundo livro chegar ao Brasil. A capa não me agradou muito, mas isso é o de menos KKKK Eu acho. Resenha muito boa. Sarah.

    http://anonimadavoz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Sarah. A história é boa, mesmo sendo um pouco arrastada. Quanto ao segundo livro, ele chegou ao Brasil há pouco tempo e já está sendo vendido.

      Obrigado por comentar e até uma próxima!

      Excluir
  9. Eu já li o livro, e realmente tenho que concordar contigo. A história em si é muito legal, mas em alguns momentos a mesma se arrasta. Confesso que para um livro relativamente pequeno, eu demorei um bocado de tempo para ler em decorrência disso. Mas ainda sim, vale à pena ler!

    Quero ler a continuidade dele, "Profecia". Vi que já foi lançado pela Arqueiro!

    Abraço,

    http://labirintoimaginario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que você concordou, Yasmim! E quanto ao segundo livro, eu acabei comprando em uma feira do livro há um tempo e está na minha lista para ler em breve. Depois passo aqui para contar como ele é!

      Abraços.

      Excluir
  10. Oi Vagner, gostei muito da sua resenha e concordo com muitos pontos que vc citou.
    Também fiz uma resenha sobre Heresia no meu blog. Gostaria que vc desse uma olhadinha. Obrigada ;)

    http://blogfalandodelivros.blogspot.com.br/2014/01/resenha-heresia-sj-parris.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou dar uma passadinha por lá, Eva. Obrigado por comentar aqui!

      Abraços.

      Excluir
  11. Fiquei com um pé atrás, realmente não sei se compraria xD... parece ser interessante, mas como o primeiro comentário aqui no post, os pontos que vc ressaltou não me chamaram muito atenção =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro que você precisa fazer força para ler, Helena. Tem que gostar mesmo do gênero para dar uma chance. Mas fica a sugestão, caso você queira ler.

      Excluir
  12. .. Um amigo me indicou o livro e depois de ver a capa fiqquei super interessada.. Mas isto acabou já nos primeiros tópicos do livro. Achei muito ruim!
    Mas ele insistiu, e eu continuei a leitura... Bom,, tive sorte em decidi fazer isso..
    Ou perderia uma das melhores leituras da minha vida.. (Até agora)
    Ainda virão muitos outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que ele insistiu para você continuar, estaria perdendo um bom livro. O começo é um pouco monótono e algumas partes parece se arrastar, mas depois que as conspirações começam tudo faz sentido e o livro só melhora.

      Grande abraço e boas leituras!

      Excluir
  13. Eu achei que o livro é sim de uma leitura fácil e agradável. Prende desde o início, acontecem coisas e pistas surgem o tempo todo, portanto não é um livro cansativo e que enrola muito. Apesar de ter uma quantidade considerável de personagens a autora faz questão de facilitar a assimilação de cada um, assim evitando o leitor de esquecer de quem se trata determinado nome de personagem e acabar se perdendo na história. Ainda não terminei mas já tenho certeza que é um livro que vou indicar para quem estiver procurando uma história de aventura e suspense para ler. Vale a pena ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que os crimes e as pistas deixadas são o que mantém a atenção do leitor na história, pois assim às vezes até esquecemos que o livro é um pouco descritivo e tal. Enfim, vale a pena ler!

      Excluir

Em breve, sua opinião será lida e respondida. Obrigado por comentar no Desbravando Livros!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...